terça-feira, 9 de maio de 2017

Depoimento de Lula está mantido pela Justiça para esta quarta-feira

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) decidiu manter a data do depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que ocorrerá nesta quarta-feira (10) em Curitiba. A decisão foi tomada pelo juiz federal Nivaldo Brunoni, que negou o pedido de habeas corpus impetrado pelos advogados de Lula.

A defesa de Lula havia requerido a suspensão da audiência para que fosse possível analisar as cerca de 100 mil páginas em documentos que a Petrobras anexou ao processo. O advogado Cristiano Zanin Martins alegou cerceamento de defesa por “não haver viabilidade material de análise dessa documentação antes do interrogatório”.

A argumentação de Martins foi negada por Brunoni, que ressaltou que a juntada de documentos por parte da Petrobras foi requerida pela própria defesa do ex-presidente. O juiz relator também negou o pedido de que a tramitação do processo fosse suspensa até que os advogados de Lula pudessem analisar a documentação.

“Foge do razoável a defesa pretender o sobrestamento da ação penal até a aferição da integralidade da documentação por ela própria solicitada, quando a inicial acusatória está suficientemente instruída”, diz o despacho de Brunoni.

A audiência de amanhã marcará o primeiro encontro presencial de Lula com o juiz federal Sergio Moro. O ex-presidente será interrogado na condição de réu da ação penal a que responde no âmbito da Operação Lava Jato.

Fonte: Aquiles Emir

segunda-feira, 8 de maio de 2017

SÃO JOÃO ESTÁ CHEGANDO! Ensaios de grupos folclóricos serão abertos ao público

Os ensaio serão realizados sempre aos sábados, no Centro Histórico, com entrada gratuita


Com as proximidades das festas juninas, o Museu Casa de Nhozinho, espaço ligado à Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), realizará o projeto “Ensaios Juninos no Museu” durante os meses de maio e junho. A intenção é realizar uma interação entre grupos folclóricos e visitantes do museu, além de aumentar a visibilidade no espaço e movimentar o Centro Histórico de São Luís, principalmente aos sábados.

A ação pretende incentivar e permitir que os moradores da cidade e turistas se aproximem da cultura popular a partir de oficinas de música e dança, realizadas pelos próprios grupos no pátio do museu. Os treinos servirão para que a população já entre no clima do São João. O museu é apreciado por nichos alternativos de público e de mercado. Oprojeto “Ensaios Culturais” tem como intenção integrar os museus de cultura popular e intensificar sua relação com os grupos de cultura popular e a sociedade.


Ensaios

Os ensaios serão realizados por grupos que representam as mais diversas manifestações culturais e que possuem relação direta com o período junino do Maranhão de forma gratuita. Os ensaios começaram ontem, e devem se estender até a primeira quinzena do mês de junho, quando ocorrem os últimos preparativos dos grupos. Os treinos que serão realizados de forma voluntária pelos grupos devem atrair o público, reafirmando uma cultura transmitida de geração a geração.

Calendário de ensaio

Mês de Maio

13/05 – Bumba meu boi de São Simão – Orquestra do Munim

20/05 – Bumba meu boi Brilhoso do Sol e Mar – Orquestra da Ilha

27/05 – Bumba meu boi de Pindaré – Baixada


Mês de Junho

03/06 – Companhia Encantar

10/06 – Bumba meu boi da Liberdade (Bumba meu boi de Leonardo)


Endereço: Museu Casa da de Nhozinho : Rua Portugal , n° 185, Praia Grande


Fonte: O IMPARCIAL

domingo, 7 de maio de 2017

É campeão invicto! Fla vence o Flu de virada e conquista seu 34º título do Carioca

Guerrero e Rodinei marcam os gols da vitória do Rubro-Negro, que volta a levantar a taça após três temporadas. Rivais não disputavam uma final estadual há 22 anos

CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E VEJA OS GOLS E MELHORES MOMENTOS DO JOGO.
 FLAMENGO GANHA SEU 34º TÍTULO CARIOCA


DESTAQUE

Depois de três anos, o Flamengo é novamente campeão carioca. O Rubro-Negro venceu o Fluminense por 2 a 1, de virada, neste domingo, no Maracanã, e chegou ao seu 34º título estadual. E de forma invicta. A equipe tinha a vantagem, já que havia vencido o primeiro jogo por 1 a 0, no último fim de semana. O Tricolor abriu o placar logo aos três minutos de jogo com Henrique Dourado, mas, aos 39 do segundo tempo, Gerrero fez o gol que garantiria a taça. Já com o Flu com um a menos, Rodinei marcou o gol do título aos 50 minutos.

O último encontro da dupla Fla-Flu em uma final havia sido em 1995, há 22 anos, quando o Tricolor ficou com o título depois de vencer por 3 a 2, com o famoso gol de barriga marcado por Renato Gaúcho. 

PÚBLICO E RENDA

Público: 68.165 presentes (58.399 pagantes)
Renda: R$ 3.242.130,00


PRIMEIRO TEMPO

Em desvantagem, o Flu iniciou o jogo como tinha que ser, pressionando. Deu certo. Logo aos três minutos, Sornoza cobrou escanteio, Renato Chaves desviou e a bola sobrou para Henrique Dourado mandar de cabeça para rede: 1 a 0. Só então o Flamengo começou a acordar e passou a ter mais posse de bola - quase 70% - do que o Tricolor, que automaticamente passou a ter uma postura mais conservadora. Renê e Everton tiveram duas boas chances para o Rubro-Negro, mas não conseguiram aproveitar. O Flu levava perigo nas cobranças laterais de Léo Pelé, que jogava a bola direto na área. Em uma delas, Henrique teve a oportunidade, mas foi travado. 


SEGUNDO TEMPO

O Tricolor manteve a estratégia de buscar os contra-ataques, e, apesar de ser o Fla a ter mais volume, foi a equipe de Abel Braga que conseguia as chances mais claras. Guerrero, bem marcado, conseguia pouco espaço. A emoção maior estava guardada para os minutos finais. Aos 39, Gabriel cobrou escanteio, Réver mandou de cabeça se apoiando em Henrique, Cavalieri deu rebote e Gerrero chutou forte para deixar o placar empatado em 1 a 1. Os tricolores reclamaram de falta no lance. O resultado dava o título ao Flamengo, e Abel Braga colocou Marcos Junior e Pedro para fazer a pressão no desespero. Não surtiu efeito. E ainda houve tempo para Diego Cavalieri ser expulso. Ele era o último homem e fez falta dura em Rodinei, que o havia driblado. Aos 50 minutos, o Fla deu o golpe final. Rodinei entrou na área e chutou cruzado. Orejuela tentou, mas não conseguiu a defesa. A essa altura o Maracanã já estava enlouquecido e ao grito de "É campeão!".